10 de novembro de 2018

Eles estão doentes...

Estão doentes e mal se arrastam... Estão doentes e mal comem e tudo o que comem sai sobre forma de vómito ou diarreia, estão doentes e pálidos, muito pálidos! Querem a atenção toda para eles, querem todos os mimos do mundo e merecem-nos...
Mas os que não estão doentes também querem esses mimos. Os que não estão doentes também querem a atenção toda para eles. E merecem-na! Quem ao está doente vai, de certeza absoluta ficar doente muito em breve! 

Todos nós sabemos como é estar doente e não conseguir suportar o próprio peso, todos nós sabemos o que é ir trabalhar assim, mas porquê forçar as crianças a isso?!
Todos nós estamos conscientes de que é difícil faltar ao emprego e que, muitas vezes essa é a única alternativa para as crianças ficarem em casa... Mas de repente o que era uma simples diarreia numa criança contagia toda a sala...
As 15 crianças da sala estão de diarreia e o caus instalado. Nenhuma fica em casa, não há mais sintomas... Na semana seguinte os cocos ainda são moles, as crianças começam a dormir mal de noite... Até que chega um dia em que só recebemos recados do género "passou a noite com dores e está medicado", "passou a noite a vomitar", " está com febre e está medicado" e depois terminam com um "qualquer coisa liguem"... Mas este liguem, em grande parte das vezes de pouco serve porque muitas vezes ligamos e a resposta é que não podem sair agora do trabalho mas que vão buscar mais cedo...

De repente em vez de uma criança doente estão 14...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelo comentário! A vossa opinião é muito importante e ajuda-me a melhorar o conteúdo!
Após aprovação responderei a todos os comentários e visitarei os vossos blogs.
Espero que voltem!